Blogger Template by Blogcrowds.

bloglog.globo.com


“O que ocorrer com a terra recairá sobre os filhos da terra. O homem não tramou o tecido da vida; ele é simplesmente um de seus fios. Tudo o que fizer ao tecido, fará a si mesmo.”

Em 1854, quando ainda nem se falava na palavra ecologia, o chefe índio Seattle enviou uma carta ao Presidente dos Estados Unidos em resposta a sua proposta para comprar as terras onde a tribo morava.

Leia a carta na íntegra: http://www.culturabrasil.pro.br/cartaindio.htm

Observando a visão ecológica do índio Seattle, ainda em 1854 e os diagnósticos atuais de toda problemática que determinará o futuro do planeta e da humanidade observa-se que estamos andando a passos lentos...

Ficamos irritados com a postura dos EUA e China em relação ao futuro do planeta, mas não sabemos cuidar do próprio lixo que produzimos em nossas casas.


O que você tem feito para minimizar os problemas que fatalmente teremos?










CONVITE




A Casa da Cultura convida você, jovem barralonguense de 15 a 25 anos, para o primeiro Encontro Jovem, amanhã, dia 06 de novembro, às 16 horas, no Salão Paroquial.

A equipe organizadora está empolgada e espera por você com muito entusiasmo.

Vá lá... Convide seus amigos... Participe...







A Menina da Vila


A Casa da Cultura recebeu a visita do escritor pontenovense Humberto Martins Oliveira, autor do Livro A Menina da Vila.

Com enorme satisfação a Casa da Cultura convida os seus visitantes para o lançamento deste livro que tem recebido muitas críticas positivas no meio literário.


A Menina da Vila é um livro de linguagem simples e adequada que faz jus à obra tão elogiada pela crítica intelectual mineira.
O estilo é cristalino, os seus personagens tem uma maneira jocosa de dizer as coisas.
Luci é o centro das ações. É asmática, sofre preconceitos e tem sérios problemas familiares.
A extinta Usina Ana Florência é o cenário onde tudo se desenrola.
A safra de cana-de-açúcar, a seca, a coivara são fatos reais evidenciados na obra.
O autor nos mostra em toda sua obra que o tão falado problema do menor não passa de um grave e acentuado problema do maior, que culmina em uma vergonhosa falta de Educação.
É um livro de gente pequena indicado para toda gente grande de todo mundo.


Informamos também, que no mesmo local, dia e horário do lançamento do livro A Menina da Vila será proferida uma palestra referente ao livro que engloba a Educação do menor, que para o Autor, Educar não é Instruir.

Vá lá... Participe e depois conte pra gente.




Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial